Descendentes de Adão e Eva!

Deus criou o ambiente onde Ele colocaria o homem. Fez os animais em pares (o macho e sua fêmea) e viu que era bom.
Deus criou o homem à Sua imagem e semelhança, e viu que não era bom que o homem estivesse só. Fez-lhe uma companheira – a mulher.
Deus deu a esse casal a bênção da procriação, e transformou esse ato numa oportunidade de prazer e satisfação santificados: “Então Deus os abençoou e lhes disse: Crescei e Multiplicai-vos: enchei a Terra” (Gênesis 1:28).
Sabemos também que eles tiveram, segundo a Bíblia, primeiramente dois filhos: Caim e Abel e que Abel por sua vez matou a Abel.  E, também segundo a Bíblia, conhecemos o seu terceiro filho, que foi Sete.   Aí começa as deduções, pois, a Bíblia não relata como se deu a procriação e crescimento da população da terra.
Como Adão e Eva poderiam encher a Terra cumprindo a determinação de Deus? De que maneira isso poderia ser possível? Veja, o relato bíblico: “Tornou Adão a conhecer sua mulher, e ela deu à luz a um filho”. Ora, o verbo tornar significa dizer que ele já a tinha conhecido antes. A referência aqui é ao ato sexual – a intimidade entre o homem e a sua mulher necessária para procriação e cumprimento da obrigação de encher a Terra.
A Bíblia não nos relata, mas deduzimos que Adão e Eva tiveram muitos filhos e filhas além dos três citados e que neste período da história o casamento entre irmãos era permitido, pois os primeiros habitantes da Terra não tiinham outra alternativa, senão casarem-se com seus irmãos e irmãs a fim de cumprir a ordem divina: “Crescei e multiplicai-vos; enchei a Terra”. Aliás, esta dificuldade se deflui de imediato, pela simples leitura do texto de Atos 17:26: “de um só fez todas as raças dos homens, para habitarem sobre toda a face da Terra.” Esse costume, o casamento entre irmãos consanguíneos, continuou por muito tempo. Tanto que Abraão se casou com sua meia irmã Sara (Gênesis 20:12). Posteriormente, pelo degenerar-se da raça humana, essa prática foi proibida (Levíticos 18:6-17).
Nos primeiros 130 anos aproximadamente, acreditamos que Adão Eva tenha tido alguns filhos e filhas, dentre eles Caim e Abel e que Caim, por inveja, matou Abel.  Com a morte de Abel, Caim, em fuga, partiu para uma terra distante (Nod ou Node), ao leste do Jardim do Éden, levando consigo a sua esposa, uma anónima filha de Adão e Eva, e aos 130 anos de idade Adão e Eva geraram Sete e Caim com sua esposa gerou Henoc. Após o nascimento de seu filho, Henoc (Enoque), Caim empenhou-se em construir uma cidade, dando-lhe o nome do seu filho.  Deduzimos também que Adão e Eva, assim como seus filhos suas esposas, tiveram ainda muitos filhos e filhas pois Adão e Eva viveram mais de 800 anos após o nascimento de Sete e Adão morreu aos 930 anos de idade aproximadamente.
Com Caim assassinando Abel, Os descendentes de Caim são alistados em parte, em manuscrito do Século XV, e incluem homens que se distinguiram pela pecuária nômade, por tocarem instrumentos musicais, por forjarem ferramentas de metal, bem como alguns conhecidos por praticarem a poligamia e a violência. (Gênesis 4:17-24) Segundo a Bíblia, a descendência de Caim terminou com o Dilúvio dos dias de Noé.
E, você, o que acha? Qual a sua opinião para descendência de Adão a Eva? E, não podemos esquecer que a Noé, descende de Sete. E que após Noé, inicia-se uma nova fase de procriação entre irmãos e irmãs até que essa prática fosse proibida tempos mais tarde.
Eduardo Bastos